painel do site.jpg
Mari.png

SECRETARIA MUNICIPAL DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E AGRÁRIO

MARI E SUA HISTÓRIA

LÁ VAI MAIS HISTÓRIA DE MARI...

Começando pelo começo: Antes da chegada dos Luna e Freire à Araçá, aí pela primeira metade do século passado, era uma região habitada pelos índios potiguares, que se espalhavam pelo Vale do Paraíba, inclusive em Mamanguape, onde, ainda hoje, permanecem os seus descendentes. Com o decorrer do tempo, os índios foram cedendo terreno, aos colonizadores, com eles trabalhando no aramento da terra, na agricultura incipiente e na monocultura de cana-de-açúcar.

2 - Antes de Mari, Araçá dos Lunas Freires

Em 1871, o bacharel Anísio Salatiel Carneiro da Cunha e o engenheiro André Rebouças, incorporaram uma companhia a qual teria condições de construir uma estrada de ferro entre a capital da Província e a cidade de Alagoa grande, com ramificações até às emancipadas cidades de Guarabira e Ingá. Em 1873, foi responsável pela colonização do local, onde hoje se encontra edificada a cidade de Mari. Em 07 de setembro de 1873, há evidentemente um engano, o certo seria 1883, estando corretos o dia e o mês. Isto está provado, não só pela ata, como pelo fato de que a construção da estrada de ferro teve início em 09 de agosto de 1880, e que em 30 de abril de 1881, correu em fase experimental o primeiro trem. Conforme o Decreto de Sua Majestade Imperial, de nº 7.754, o qual determina em 07 de julho de 1880, onde estabelece que a linha teria uma extensão de 121 quilômetros.

3 - A presença da religião

Em 1883, possui o seu primeiro templo católico, uma pequena capela, que para devoção própria e de sua família, foi construída pelo Sr. José de Luna Freire, católico praticante e chefe da estação da Companhia Ferroviária, o qual, em 1901 construiu um templo um pouco maior, onde frequentavam já bastante fieis. Foi benta no dia 10 de dezembro de 1901 pelo Revmº. Pe. Antônio Pereira de Castro, vigário na época de Gurinhém e Araçá.

Aniversário da Cidade: 19 de Setembro

 

Características: Uma cidade tranquila, pacata e aconchegante. Recomendo para férias!

Clima: Seco no verão e úmido no inverno.

Distâncias: Brasília/DF - 2.187 km João Pessoa/PB - 65,7 km São Paulo/SP - 2.731 km

Gentílico: Mariense

Limites: Mulungu (17 km), Gurinhém (14 km), Caldas Brandão (7 km), Riachão do Poço (14 km), Sapé (10 km), Cuité de Mamanguape (17 km) e Araçagi (26,5 km).

Localização: Mata Paraibana

População: 21.806 habitantes - 2017

Significado do Nome: O município recebeu seu nome do fruto do Umarizeiro ou Marizeiro, planta outrora muito abundante na localidade. Antes de sua emancipação era conhecida como Araçá, (psiduiumcattleianum) vegetal muito encontrado naquele tempo.

SÍMBOLOS DE MARI

BRASÃO DO MUNICÍPIO

.jpg

NOVA BANDEIRA DO MUNICÍPIO

HINO MUNICIPAL

00:00 / 04:36

Letra e Música:
Maria Anunciada Dias

Arranjo:

Orquestra São Sebastião

arrow&v

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/17